5827813.3a81a9f.93b0415d0c1e41d8b1d22da355145332

5 DICAS DE COMO ACOSTUMAR CACHORRO COM GATO

Vistos como inimigos em alguns desenhos e filmes, gatos e cachorros podem conviver em harmonia. Confira 5 dicas de como acostumar cachorro com gato. 

A maneira mais fácil de aproximar cães e gatos é quando ambos ainda são filhotes. Porém, em muitos casos isso não é possível. Então, separamos algumas dicas para te ajudar a acostumar cachorro com gato e vice-versa. 

Acostumar cachorro com gato

Acostumar cachorro com gato

#1 Promover o reconhecimento entre os animais

Primeiro, é importante separar um espaço da casa para cada animal. Quem já habitava a casa deve ter seu ambiente respeitado e o novo pet precisa de um espaço exclusivo que comporte todas as suas necessidades. É recomendado mantê-los separados durante alguns dias. Assim, eles começarão a notar pouco a pouco a presença um do outro. Outra dica para mantê-los conectados é separar um cobertor para cada um dormir, deixá-los com ele por um ou dois dias e depois inverter os cobertores. Isso fará com que se acostumem com o cheiro um do outro. 

#2 Apresentação com segurança

Depois desse primeiro contato, é possível promover pequenos encontros visuais entre o cachorro e o gato. O ideal é realizar uma apresentação em que ambos sintam-se confortáveis. Em um primeiro momento é aconselhável que o cachorro esteja com coleira e guia e o gato em um ambiente seguro, pode ser dentro da sua caixinha de transporte. Inicie dando petiscos e fazendo carinho um pouco em cada. Depois, aproxime o cachorro em uma distância que não vá incomodar o gato e que não o deixe desesperado. Quando estiverem calmos, promova o encontro. Eles precisam se ver, se reconhecer, perceber que são espécies diferentes e estão seguros em seus espaços. Se o cão estiver latindo muito ou o gato arrepiado, melhor encerrar o encontro e tentar outro dia. Vá aumentando os encontros gradativamente. 

Após o contato visual bem-sucedido, podemos partir para a aproximação física. Promova encontros supervisionados com o cachorro ainda de coleira e guia e o gato ganhando mais espaço. O gato precisa ter espaços verticais em que ele possa ir sem que o cachorro consiga alcançá-lo. Esses encontros precisam ser realizados pouco a pouco até que a adaptação seja concluída a ponto de não se incomodarem com a presença um do outro. É preciso muita calma, pois esse processo pode ser longo dependendo da personalidade dos animais.

#3 Associação positiva

Quando os animais forem apresentados, associe esses momentos a coisas positivas dando recompensas como, por exemplo, petiscos. A partir daí, a tendência é que eles associem esses momentos com alimentos saborosos, e fiquem tranquilos na maior parte do tempo. Se possível, promova brincadeiras entre eles. Com o tempo eles começarão a se acostumar com a presença do outro animal e o comportamento será mais pacífico, em alguns casos, até mesmo com troca de afetos. 

#4 Espaços bem definidos

Independente da situação, é importante que o cachorro e o gato tenham espaços próprios para sua alimentação e higiene. O cão não pode entrar em contato com as fezes do gato, pois isso pode acarretar doenças. A vacinação dos animais deve estar sempre em dia, assim como a aplicação de vermífugos, para evitar qualquer tipo de contágio. Separamos também algumas dicas de higiene para gatos e cachorros. Vale a pena conferir. 

Além disso, é importante que cada lugar ofereça conforto e opções para o animal se divertir distante do outro quando tiver vontade, sem precisar invadir o espaço alheio e causar desentendimentos.

#5 Divisão igual de atenção

Os animais também sentem-se inseguros e enciumados quando percebem que alguém novo chegou e está recebendo mais atenção que eles. Por isso, os dois devem receber a mesma atenção e você precisa equilibrar bem o tempo que passará com cada um. Quando perceber que um deles está se sentindo para baixo, dê mais atenção e busque fazer brincadeiras que o divirta.

Você tem alguma outra dica sobre como acostumar cachorro com gato? Compartilhe conosco nos comentários! 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SE VOCÊ CURTIU ESSE POST, INSCREVA-SE E SAIBA MUITO MAIS.

Promoções, dicas de nutrição, lugares, comportamento e mais, direto na sua caixa de e-mail.