ALIMENTAÇÃO NATURAL PARA CACHORROS

A verdade sobre os 6 principais mitos sobre o assunto.

Veja abaixo alguns dos mitos sobre alimentação natural para cachorros desvendados para você.

 

| “RAÇÃO SECA É A OPÇÃO MAIS SAUDÁVEL PARA O MEU CACHORRO”.

Durante muito tempo esta foi vista como uma verdade absoluta, mas nos últimos anos, cada vez mais veterinários se colocam a favor da alimentação natural para cães.

A comida natural deve ser feita apenas com ingredientes próprios para consumo humano, é uma fonte natural de nutrientes e não contem palatalizantes ou corantes artificiais.

Quando preparada corretamente e de acordo com as necessidades nutricionais especificas do seu cão ela é uma das comidas mais saudáveis que você pode dar para seu amigo canino.

Entre os benefícios de uma alimentação natural estão pele e pelagem mais saudáveis e bonitas, um funcionamento melhor do sistema gastrointestinal, mais vitalidade e um risco reduzido de torção gástrica.

A comida natural também tem altos teores de água o que é muito importante para a saúde renal dos cães.

Mas nem todos os cães, ou donos de cães, se adéquam à alimentação natural. É importante sempre conversar com seu veterinário e respeitar seus instintos. Se você não acha que algo é o correto para o seu cão procure outra opção.

 

| “UMA DIETA SAUDÁVEL PARA MIM É SAUDÁVEL PARA O MEU CACHORRO”.

Este é um erro comum que muitos de nós cometemos, desde o tempo em que se alimentava o cachorro com os restos do jantar. Eu pessoalmente acho que não se deve dar nada para o seu cachorro comer que você não daria para o resto da família, mas a recíproca não é verdadeira !

Nem tudo o que nós comemos é bom para eles, pois suas necessidades nutricionais são muito diferentes das nossas.

Cães são carnívoros não estritos o que significa que sua dieta consiste principalmente de carne, mas que eles também consomem outros alimentos. Como uma regra geral os cães precisam consumir mais proteína do que nós, por exemplo, mas os requerimentos nutricionais exatos vão depender de uma série de fatores como idade, saúde e estilo de vida.

É muito importante checar com um veterinário nutricionista antes de tomar qualquer decisão sobre a dieta do seu cão.

Outra razão pela qual nunca se deve dar sobras para seu cachorro comer é que muitas coisas que comemos no nosso dia a dia podem fazer muito mal à ele.

cebola, chocolate, uvas, passas e alho cru por exemplo nunca devem ser oferecidas ao cão.

Temperos como sal e pimenta, por exemplo, podem ser consumidos por eles, mas em quantidades muito menores do que as nossas.

 

| “COMIDA CRUA É PERIGOSO”.

Este mito é parcialmente verdadeiro.

A comida crua oferece sim um risco maior de contaminação de bactérias como e-coli e salmonela, mas existem cuidados que podemos ter para minimizar (e muito) estes riscos e tornar a alimentação crua segura para seu cão.

Não podemos esquecer que o sistema digestivo de um cão é bem diferente do nosso. O seu trato digestivo é bem mais curto o que significa que a comida (e possíveis bactérias) não ficam ali por muito tempo, consequentemente o risco de desenvolverem uma doença é muito menor.

Além disso, o PH do estomago deles é mais acido do que o nosso, o que significa que eles conseguem lidar bem com muitos organismos que nos deixariam doentes.

Algumas precauções importantes que devemos tomar se resolvermos dar alimentação crua para nossos cães é congelar a carne por 3 a 7 dias antes de usá-la e deixar que ela descongele sob refrigeração.

Não esqueça também de sempre lavar as mãos e qualquer utensílio utilizado antes e depois da refeição dele.

 

| COZINHAR PARA MEU CACHORRO VAI SER MUITO DIFÍCIL E DEMORADO.

Quem já considerou cozinhar em casa para seu melhor amigo com certeza tem esta incerteza. Será que eu vou ter tempo? Será que não vai ser muito complicado?

Quando eu comecei a cozinhar para os meus cachorros em casa este foi um obstáculo com o qual eu tive que lidar. Vou falar a verdade: foi complicado sim, e no início eu tinha a sensação de que passava mais tempo cozinhando para eles do que para mim.

É importante frisar aqui o “no início” porque depois que eu internalizei o processo e fiz alguns ajustes metodológicos tudo ficou bem mais simples. Em pouco tempo eu conseguia preparar comida para uma semana, para dois cães, em uma hora.

Eu sempre alimentei meus cães com comida cozida, mas se você optar pela comida crua o tempo de preparo pode ser ainda menor.

Como a maioria das coisas, cozinhar para seu cão requer apenas montar uma rotina. Eu separava uma hora todo o domingo para preparar a semana toda de comida, e já armazenava em porções diárias para cada cão. Desta forma eu não me preocupava mais com o assunto.

A verdade é que o seu cachorro não se incomoda se a comida não estiver com uma cara muito boa. Não vai perceber se os legumes foram cortados meio rápido ou se o arroz está um pouco grudento. Isso já elimina bastante tempo de pré-preparo. Eu comprava a carne já moída então isso também me economizava bastante tempo. Depois que os vegetais estivessem limpos e cortados era só jogar tudo em uma panela a vapor, carnes embaixo e legumes em cima, e pronto.

Outra opção é usar uma panela elétrica ou panelas convencionais mesmo, mas elas demandam um pouco mais de tempo.

 

| “SE MEU CACHORRO COMER COMIDA NATURAL ELE NUNCA MAIS VAI QUERER COMER RAÇÃO”.

Se o seu cachorro já era muito seletivo para comer, então é bem provável que isso seja verdade, no mínimo ele vai resistir à transição de volta para a ração, afinal, ele já não gostava dela mesmo.

Na maioria dos casos, porém, os cães aceitam voltar para a ração super bem, alguns até passam a gostar mais da ração, porque vira novidade.

 

| “A COMIDA NATURAL GERA FEZES MAIS MOLES E COM CHEIRO MAIS FORTE”.

Nada disso!

A alimentação natural tende a ser mais rica em fibras o que beneficia o sistema gastrointestinal e favorece fezes mais duras e de melhor qualidade.

Se os legumes forem bem cozidos e a receita nutricionalmente apropriada,  o seu cão irá absorver muito melhor do que absorveria a ração, o que significa menos fezes e com menos cheiro.

O que você pode observar é que a coloração e o odor podem mudar conforme as diferentes receitas.

 

Esses esclarecimentos são apenas uma introdução básica ao assunto. Existem hoje muitos sites e artigos interessantes sobre várias formas de alimentação natural para cães.

Pesquise, converse com seu veterinário, e quem sabe você resolve se juntar a nós!

 

Por Antonia Moura
Co-founder of PetChef, empresa de delivery de alimentação natural para cães.

SE VOCÊ CURTIU ESSE POST, INSCREVA-SE E SAIBA MUITO MAIS.

Promoções, dicas de nutrição, lugares, comportamento e mais, direto na sua caixa de e-mail.